Aprender a Estudar Textos

DENTRO DA ESCOLA . 2016

Durante o segundo semestre de 2016, o conteúdo da plataforma Aprender a Estudar Textos (AET) foi implementado em três salas de aula do segundo ciclo do Ensino Fundamental da escola EMEF Dilermando Dias dos Santos, localizada na cidade de São Paulo.

Por meio de nossa produção impressa que leva o mesmo nome da plataforma, Aprender a Estudar Textos, sete sequências didáticas com duas turmas de 4º ano e seis sequências didáticas com uma turma de 5º ano, alcançando o total de 52 aulas, foram planejadas por membros da equipe do Laboratório de Educação junto a duas professoras da referida escola e realizadas semanalmente em salas de aula, impactando 75 alunos entre 9 e 12 anos de idade.

Aprender a Estudar Textos é um material que oferece aos professores do 4˚ e do 5˚ ano do Ensino Fundamental orientações para a análise da estrutura e do conteúdo informativo presentes nos textos escolares das disciplinas de História e Ciências, sugerindo e exemplificando como o trabalho com textos informativos pode ser enriquecido de forma a garantir que as crianças continuem a aprender sobre a linguagem por meio do conhecimento de diversos conteúdos disciplinares.

O processo de orientação às professoras incluiu, dentre outras ações, o estabelecimento do cronograma, reuniões semanais de planejamento das aulas a partir das atividades presentes no material Aprender a Estudar Textos, exploração conjunta das características dos textos presentes no livro didático adotado pela escola, planejamento da sequência de atividades a ser realizada em sala e oferecimento de suporte na elaboração dos materiais didáticos necessários. Além disso, nossa equipe realizou observação direta em sala duas vezes por semana, documentando o desenvolvimento das atividades por meio de gravações em áudio, vídeo e material fotográfico.

Ao final do projeto, mudanças positivas foram observadas no que se refere às práticas educativas em torno da leitura de textos didáticos: foram introduzidos exercícios de análise e estudo dos textos, revelando mudanças nas práticas pedagógicas das professoras no que diz respeito ao estudo de textos informativos (aplicabilidade para outras áreas); aumento a referências dos conteúdos dos textos estudados; e maior participação dos alunos em atividades de manipulação do vocabulário com o objetivo de reconstrução do texto. A pesquisa revelou também alguns aspectos que podem ser ajustados no material em beneficio da qualidade das oportunidades de aprendizagem a serem oferecidas aos alunos.

Compartilhe

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar