Casos e Referências

Conversa ao telefone

17 . May . 2017

Para quem ainda tem dúvidas sobre o tanto que as crianças nos observam, e assim aprendem conosco, vale assistir a este vídeo!

Nos dias de hoje, conversar ao telefone – fixo ou celular – é algo muito corriqueiro. Por ser um gesto tão usual, é claro que damos às crianças muitas oportunidades de nos observarem também nestes momentos. E então aprendem com isso, como fica evidente neste vídeo:

A pequena sequer usa um telefone de verdade, mas não importa, pois atua como se entabulasse interessantes conversas. Não importam também as palavras que diz, mas a postura, o gestual, as expressões faciais e igualmente as entonações que emprega. E nada disso ela nasceu sabendo fazer. Aprendeu observando, e imitando, as pessoas com as quais convive e interage mais rotineiramente. É mesmo assim: as crianças aprendem conosco o tempo inteiro, e de tudo um pouco, inclusive quando não temos a intenção de ensinar algo diretamente a elas. Da mesma forma, não aprendem apenas com o que dizemos a elas, mas também com o que lhes mostramos, ainda que sem intenção, nas situações mais cotidianas. Afinal, somos sempre importantes modelos!

E se você tiver exemplos como este que mostram como as crianças aprendem observando e imitando compartilhe conosco!

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar