teste
Roteiros

Cidade Parque de Diversões – Roteiro “Diversidade”

Cidade Parque de Diversões – Roteiro “Diversidade”
6 de dezembro de 2018..
Este artigo faz parte da série:

Cidade Parque de Diversões

“Diversidade” é o tema de um dos roteiros de passeio da plataforma Cidade Parque de Diversões.

Clique aqui e acesse o roteiro “Diversidade”

A cultura brasileira está em permanente transformação. Pessoas das mais distintas origens se deslocam por diferentes razões e trazem com elas costumes e tradições. Hoje, apresentamos o roteiro “Diversidade”, que propõe diferentes passeios em torno desse tema.

Em São Paulo, a maior cidade da América Latina, um terço da população veio de outro lugar. Nos bairros e regiões, em que ‘paulistanos’ de diferentes nacionalidades, etnias, religiões ou línguas se reúnem para compartilhar e vivenciar seu repertório cultural, é possível reconhecer as inúmeras contribuições das levas de imigrantes que se estabeleceram na cidade desde sua fundação.

O roteiro Diversidade usa São Paulo como espaço de aprendizagem e sugere visitas a marcos da diversidade cultural na capital paulista. Desse modo, as crianças têm a oportunidade de, entre outras coisas, conhecer pessoas de diferentes culturas em sua própria cidade, de identificar a diversidade de tradições que compõem a vida no local e de aprender sobre variados costumes.

Um passeio pode ser dividido em três partes: antes, durante e depois. A plataforma Cidade Parque de Diversões oferece materiais de apoio para todos esses momentos:

ANTES

Antes de sair, é possível olhar nosso mapa de sugestões e escolher quais locais você e as crianças querem visitar.

Confira os locais de outros roteiros perto da sua região neste outro mapa.

Além disso, é possível ler algumas sugestões de assuntos para conversar com as crianças durante o passeio, aguçando a curiosidade, a imaginação e o senso crítico delas. Como diversidade é um tema que pode ser delicado para as crianças e os adultos, também sugerimos algumas dicas de como abordar esse tema sem cair em preconceitos.

DICAS PARA ENRIQUECER O PASSEIO

Como falar com as crianças sobre diversidade cultural:

– Não use estereótipos: pessoas de um mesmo contexto cultural compartilham várias características, mas têm personalidades, profissões, interesses e opiniões diferentes entre si.
– Chame atenção para o fato de que diferente não é pior ou melhor, apenas diferente.
– Aponte as diferenças, mas também as semelhanças.

Assuntos para conversar com as crianças:

– Os imigrantes, que podem vir de vários lugares do Brasil e do mundo, podem chegar em São Paulo de ônibus, carro, navio e avião. Como será que essa viagem é para eles? Se você fosse imigrante, do que mais sentiria falta do seu local de origem? O que você levaria para outro lugar?

– São Paulo é a maior cidade da América Latina. Gente de todo o Brasil e do mundo vem morar aqui. Essa mistura traz muita riqueza de experiências para a cidade, já que cada um que vem de longe traz um pouco de sua cultura. Por exemplo, é possível dizer que graças aos imigrantes italianos São Paulo tem a pizza mais famosa do Brasil. Você consegue pensar em outras contribuições de diferentes culturas que fazem parte da vida paulistana?

– Conhecer pessoas de culturas diferentes – de dentro e de fora do Brasil – é um ótimo jeito de conhecer novos mundos. Que tal conversar com alguém que não é de São Paulo sobre suas tradições e sua cidade natal? Você pode começar perguntando de que comida ela sente falta!

– O que cada um considera que é diferente depende em grande parte de sua cultura e de sua criação. O que será que uma pessoa de outra cultura acha diferente sobre São Paulo e os paulistanos? Qual será a impressão que uma cidade desse tamanho causa em alguém que acabou de chegar aqui pela primeira vez? Que tal perguntar isso para alguém de uma cultura diferente da sua?

– É possível falar português com muitos sotaques diferentes. Isso quer dizer que as mesmas palavras quando pronunciadas por alguém do Ceará, do Rio de Janeiro, do Senegal ou da Argentina podem ter sons diferentes! Quantos jeitos há de pronunciar a palavra “região” em voz alta? E a palavra “cultura”? O que um sotaque pode dizer sobre a origem de uma pessoa?

– Quando muitas pessoas de uma região se mudam para outro lugar, chamamos isso de “onda migratória”. Você consegue listar ondas migratórias, de dentro e fora do Brasil, que marcam a história de São Paulo?

DURANTE

Durante a saída, o roteiro (que pode ser impresso ou digital) oferece orientações que favorecem momentos de aprendizagem e também se transforma: oferece um jogo educativo para criança, que pode ser preenchido ao longo de uma série de passeios por diferentes locais.

Clique aqui e acesse o roteiro “Diversidade”

DEPOIS

Em breve, publicaremos no site um Diário de Experiências na Cidade, que poderá ser preenchido após os passeios para relembrar e refletir sobre o dia. O diário, além de ser um registro que guarda lembranças a partir de desenhos, fotos e escritos, também ajuda a sedimentar as aprendizagens do dia.

E, para quem quiser continuar as conversas e responder às perguntas levantadas durante o passeio, basta acessar nossa curadoria de sites com conteúdo de qualidade que podem oferecer informações adicionais sobre o tema.

RECURSOS DE PESQUISA

“Brincadeiras do Brasil”, publicado pelo projeto Território do Brincar
Categoria “Diversidade” do Toda Criança Pode Aprender
“Coleção Cozinha Imigrante”, publicado pelo Museu da Pessoa
“Diversidade Cultural no Brasil”, publicado pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura)
Materiais Educativos do Museu da Imigração
Projeto “Mapa do Brincar”, da Folhinha de São Paulo
Projeto “Mirim – Povos Indígenas do Brasil”, do Instituto Socioambiental

Que tal escolher um roteiro em Cidade Parque de Diversões e proporcionar momentos de diversão e aprendizagem às crianças? Bom passeio!

 

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar