Casos e Referências

Arte de rua feita por criança: conheça Lola, a ilustradora!

Arte de rua feita por criança: conheça Lola, a ilustradora!
Imagem retirada de Pixabay
20 de novembro de 2017..

Uma garota de apenas 9 anos tem transformado as ruas do Brooklyn, em Nova York, com seus grafites inéditos!

Desde pequena Lola, que vive no Brooklyn, um dos cinco distritos de Nova York, foi alimentando seu gosto por desenhos, rabiscos e até chegou a se aventurar pintando as paredes de sua casa. Foi em 2014, colorindo o muro de uma das ruas não autorizadas de Bushwick, que Joe Ficalora, um famoso grafiteiro do bairro, a descobriu e, ao invés de reprimi-la pelo seu ato, a convidou a participar dos encontros com os artistas locais que fazem parte do seu coletivo.

A mãe da menina comenta o episódio em matéria extraída do site Follow The Colours” (confira aqui): “Nós estávamos visitando o Coletivo Bushwick com um amigo meu, que é designer gráfico, e ele tinha uma lata de spray. Ele então deu a ela. Fomos caminhando e vimos todas as pinturas. Ela estava morrendo de vontade de pintar algo”.

Assim como outros subúrbios afastados da rota turística de Nova York, Bushwick costumava ser um lugar degradado e mais pobre. Com o tempo, seu cenário foi sendo modificado através da ação direta dos artistas que lá se instalaram em busca de moradias mais baratas para viver, como o próprio Joe Ficalora. Os muros e as laterais dos prédios foram ganhando suas cores, e hoje Bushwick virou uma referência mundial para o grafite.

Ao longo do crescimento de Lola, seus pais observaram uma forte inclinação da menina para as artes, presenciando momentos de criação espontânea, cheios de originalidade, concedendo enfim um espaço para que a pequena pudesse produzir seus trabalhos livremente. Hoje em dia ela tem um escritório em seu próprio closet!

Assim como muitas crianças de sua idade, Lola também revela ter outros interesses, como ler livros, histórias em quadrinhos, andar de skate, jogar videogame etc. Num de seus primeiros murais, a pequena ilustradora retratou “Totoro”, personagem do desenho japonês de Hayao Miyazaki, misturado com referências do filme “Os Incríveis”, da Disney, resultando no “Increditoro”, como ela mesma o batizou, abaixo:

Imagens coletadas da matéria de Follow the colours 

Além da qualidade estética que o grafite traz às ruas, suas imagens falam em linguagem direta com quem passa por ele, invadindo e deixando suas marcas rapidamente nos olhos e no imaginário de quem o vê. Isso é arte, e por meio dessa forma de expressão as pessoas são tocadas de várias maneiras!

É muito bacana que as crianças possam ser incentivadas e inseridas nesse meio, observando e conversando sobre o que veem. O grafite, como arte, permite acessarmos distintos olhares sobre universos infantis e adultos que compõem a população de um bairro, de uma cidade… Às vezes, se deparar com um desenho estampado no meio do caminho nos faz pensar em coisas que não estavam ali antes e trazem surpresas divertidas e curiosas para o dia a dia ocupado que levamos.

São iniciativas como essa que queremos ver mais por aí, construindo lugares onde todos possam compor e se expressar, usando a arte como uma ferramenta potente e transformadora!

Para conhecer um pouco mais sobre a mais jovem artista de rua americana, segue a sua conta do Instagram, onde a garota publica muitas de suas pinturas e aventuras por aí: https://www.instagram.com/lolatheillustrator/

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar