Dicas Práticas e indicações

Guia sobre saúde oral: da gestação à infância

Guia sobre saúde oral: da gestação à infância
Imagem retirada de Catraquinha (fonte original: iStock)
Em parceria com Catraquinhaicone-link-externo

O Catraquinha é fruto de uma parceria entre o Instituto Alana e o Catraca Livre. O site reúne informações interessantes para pais, educadores e familiares – de agenda cultural a projetos transformadores para a infância – com o intuito de empoderá-los para que interfiram positivamente no desenvolvimento das crianças, deixando-as exercer em sua plena potência a criatividade e a autonomia.

15 de Fevereiro de 2018..

Guia traduzido pela Sociedade Brasileira de Pediatria orienta as famílias no cuidado com a saúde oral dos bebês e das crianças pequenas. Veja neste post do nosso parceiro Catraquinha.

Uma das regras antes de dormir é escovar os dentes, certo? Mas o desafio é grande quando as crianças ainda são pequenas. Estimular e fiscalizar se os pequenos estão cumprindo esse dever é fundamental para iniciar uma educação sobre saúde oral.

E os adultos não estão fora desse ciclo de cuidado, a prevenção começa com os pais, já na gravidez, antes mesmo do nascimento.

Um texto elaborado por consultores da Global Child Dental Fund (Fundo Odontológico Mundial para Crianças) de Londres foi revisado para o português pela Sociedade Brasileira de Pediatria e replicado no site da instituição.

Segundo os especialistas, a má higienização pode causar problemas como cáries e gengivites. Evitar que as crianças sofram traumas é outra tarefa importante. Caso acidentes aconteçam, elas devem ser levadas para o hospital ou consultório odontológico.

Na hora da troca dos dentes de leite para os permanentes, a atenção precisa ser redobrada. A orientação é que cuidadores devem escová-los até que as crianças completem 7 anos e, até 10 anos, os pequenos devem ser supervisionados.

Veja algumas orientações gerais a seguir:

Gestação

Manter hábitos saudáveis durante os nove meses de gestação é essencial. Entre as medidas aconselhadas estão investir em uma boa alimentação, ficar de olho na escovação, visitar o dentista no pré-natal e tratar as doenças que podem surgir – como erosão dentária e inflamações na gengiva.

Amamentação

É por meio desse exercício de sucção que os pequenos estimulam os músculos da face, promovendo a respiração nasal e ajudando no desenvolvimento da fala. O guia não recomenda mamadeira, mas deixa claro que, caso os pais tenham que utilizá-la, devem conversar com os profissionais sobre os modelos menos nocivos.

Primeiros dentes

Quando eles aparecem, chegou a hora de escová-los e também de agendar um horário com o odontopediatra. Mais uma vez, a alimentação saudável é ressaltada, pois oferecer alimentos nutritivos – seguindo as recomendações do médico – só traz benefícios. Na hora de higienizar a boca, os consultores afirmam que é importante escolher o creme dental com flúor e que o hábito deve ser mantido ao acordar, antes de adormecer e depois das refeições.

Acesse na íntegra o Guia de Saúde Oral Materno-Infantil para informações mais detalhadas.

Texto adaptado de: Catraquinha

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar