fbpx
Casos e Referências

Cantar Educa: o que as crianças aprendem cantando e ouvindo canções?

Cantar Educa: o que as crianças aprendem cantando e ouvindo canções?
16 de janeiro de 2017
Este artigo faz parte da série:

Série Educa

Saiba aqui alguns aspectos que são desenvolvidos a partir da relação da criança com cantar e escutar canções.

Já apontamos aqui alguns dos benefícios que o contato com a música pode oferecer às crianças. Conforme afirma a psicomotricista e pedagoga Carolina Elisabeth de Oliveira em entrevista ao Laboratório de Educação, a vivência corporal do ritmo é essencial para o desenvolvimento da linguagem, ajudando na compreensão de entonações e da musicalidade presente na fala e reproduzida posteriormente no raciocínio necessário à leitura e à escrita.

Além disso, cantar para a criança ou convidá-la a fazê-lo estimula ainda mais aspectos interessantes que contribuem para seu desenvolvimento. As palavras presentes na canção, por exemplo, ao serem ouvidas e repetidas ampliam o vocabulário e exercitam a pronúncia. Mesmo que a criança ainda não compreenda o conteúdo da música ou mesmo o significado de algumas das palavras, aos poucos se familiarizará com elas e perceberá que aparecem relacionadas a diferentes contextos.

Outra questão importante atrelada às canções, especialmente de tradição popular, diz respeito à transmissão cultural. As letras e melodias são algo construído e compartilhado socialmente; contam sobre hábitos, crenças, tradições, histórias, brincadeiras e sobre o imaginário presente em nossa cultura. Aproximar a criança desse universo é convidá-la a conhecer mais sobre si e sobre o mundo que a cerca, levantando reflexões sobre as próprias origens, pertencimento e identidade cultural.

Não podemos esquecer também, que, do ponto de vista afetivo, cantar com a criança no dia-a-dia é um hábito muito favorável. Nesse momento lúdico, ocorrem trocas de olhares e de sorrisos que fortalecem os vínculos. Além disso, as canções que acompanham situações cotidianas como a hora de dormir, das refeições e da higiene, por exemplo, apresentam a rotina numa linguagem acessível, prazerosa e consistente, o que favorece a sensação de segurança e de familiaridade aos pequenos.

Impossível esgotar a multiplicidade de contribuições advindas do cantarolar com as crianças ou da escuta de uma boa música. Aqui levantamos apenas alguns aspectos que revelam: cantar educa! Você tem incorporado essa atividade nos momentos de interação com a criança? Que tal ter algumas ideias de como fazer isso por meio do Apprendendo, aplicativo do Toda Criança Pode Aprender? Baixe gratuitamente em seu dispositivo móvel de sistema Android ou iOS!

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar