Leitura na primeira infância | Reading in Early Childhood

Sandra Medrano lidera discussão sobre leitura na primeira infância durante evento do Instituto Emília e a Blooks Livraria

28 de março de 2015..

No sábado 28 de março, a pesquisadora do Laboratório de Educação, Sandra Medrano, liderou uma discussão sobre o papel da leitura na primeira infância para educadores, pais e interessados em geral. O evento foi patrocinado pelo Instituto Emília e a Blooks Livraria como parte da série "Encontros Emília & Blooks". Sandra abordou o que ler, por que ler e como ler para as crianças desde muito pequenas, a fim de inseri-las na cultura escrita e garantir o acesso ao patrimônio histórico e cultural da humanidade. O acesso aos livros se caracteriza então como um direito e uma possibilidade de ampliação de sua interação com o mundo.

Confira aqui os livros indicados pela Sandra durante a conversa:

  • A bruxa Salomé, Audrey Wood e Don Wood (Ática)
  • A casa dos beijinhos, Claudia Bielinsky (Companhia das Letrinhas)
  • A casa sonolenta, Aurey Wood e Don Wood (Ática)
  • A grande viagem da senhorita Prudência, Charlotte Gaustaut (Ática)
  • Apenas um é diferente!, Britta Teckentrup (Brinque Book)
  • Aperte aqui, Hervé Tullet (Ática)
  • Aprendo com meus amigos, Taro Gomi (Cosac Naify)
  • Bárbaro, Renato Moricon (Companhia das Letrinhas)
  • Bruxa, bruxa, venha à minha festa, Arden Druce (Brinque Book)
  • Contos de princesas, Su Blackwell (WMF Martins Fontes)
  • Da pequena toupeira que queria saber quem fez cocô na cabeça dela, Werner Holzwarth e Wolf Elbruch (Companhia das Letrinhas)
  • Duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz, Otavio Roth (Ática)
  • Este chapéu não é meu, Jon Klassen (WMF Martins Fontes)
  • Flicts, Ziraldo (Melhoramentos)
  • Leonardo, o monstro terrível, Mo Willems (Orfeu Negro)
  • Mamãe zangada, Jutta Bauer (Cosac Naify)
  • Meus porquinhos, Audrey Wood e Don Wood (Ática)
  • Minha casa azul, Alain Serres e Edmée Cannard (SM)
  • Minhocas comem amendoim, Elisa Gehin e Andre Telles (Pequena Zahar)
  • O grúfalo, Julia Donaldson e Axel Scheffler (Brinque Book)
  • O incrível álbum de Picolina, a pulga viajante, Laura Erber e Maria Cristaldi (Peirópolis)
  • O livro com um buraco, Hervé Tullet (Cosac Naify)
  • O que é, o que é?, Guido Van Genechten (Brinque Book)
  • O rei bigodeira e sua banheira, Audrey Wood e Don Wood (Ática)
  • Orie, Lucia Hiratsuka (Pequena Zahar)
  • Onda/Espelho/Sombra, Suzi Lee (Cosac Naify)
  • Onde vivem os monstros, Maurice Sendak (Cosac Naify)
  • Outras duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz, Otavio Roth (Ática)
  • Pêssego, pera, ameixa no pomar, Janet e Allan Ahlberg (Salamandra)
  • Presos, Oliver Jeffers (Salamandra)
  • Que faz a lua à noite?, Anne Herbauts (DCL)
  • Rápido como gafanhoto, Don Wood e Audrey Wood (Brinque Book)
  • Sapo bocarrão, Keith Faulkner e Jonathan Lambert (Companhia das Letrinhas)
  • Sete camundongos cegos, Ed Young (WMF Martins Fontes)
  • Tanto tanto, Trish Cooke e Helen Oxenbury (Ática)
  • Telefone sem fio, Renato Moriconi e Ilan Brenman (Companhia das Letrinhas)
  • Tem lugar para todos, Massimo Cassia (Pequena Zahar)
  • Ter um patinho é útil, Isol (Cosac Naify)
  • Uma chapeuzinho, Marjolaine Leray (Companhia das Letrinhas)
  • Vai embora, grande monstro verde!, Ed Emberley (Brinque Book)
  • Zoo, Jesús Gabán (Editora Projeto)

 

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar