Observar Educa: a observação como ferramenta do aprender | Labedu
Casos e Referências

Observar Educa: a observação como ferramenta do aprender

13 de fevereiro de 2017
Este artigo faz parte da série:

Série Educa

Um tema explorado de forma recorrente no Toda Criança Pode Aprender é a importância da observação e da imitação no desenvolvimento das crianças. Vamos pensar um pouco mais sobre isso?

Já reparou o quanto as crianças, desde muito pequenas, são atentas a aspectos das situações e dos ambientes que frequentemente escapam aos adultos? Uma das razões para que isso aconteça é a característica de novidade que os fenômenos e objetos têm para os pequenos. Algo que já vivenciamos, compreendemos e automatizamos enquanto adultos ainda se apresenta como surpreendente da perspectiva infantil. Isso, inclusive, oportuniza que as crianças tenham pontos de vista inusitados, que, ao serem compartilhados, abrem nossos olhos para novas formas de ver e pensar.

Além disso, a observação é uma das primeiras ferramentas que a criança possui para adaptar-se e para interagir com o ambiente. A partir daquilo que contempla, ela começa a criar teorias de compreensão sobre o mundo, sobre os objetos, sobre as relações sociais e afetivas… É por meio da observação que ela começa a desenvolver a imitação, um dos recursos fundamentais para experimentar suas possibilidades e limites corporais, emocionais, sociais e psíquicos e também para construir um repertório de habilidades e comportamentos.

É simples compreender a importância da observação enquanto ferramenta de aprendizagem quando paramos para pensar na forma como nós, adultos, tentamos assimilar coisas novas. Ao tentar aprender uma dança ou um esporte, por exemplo, antes de experimentar os movimentos, observamos outras pessoas mais experientes executando-os. Ou quando queremos melhorar nosso desempenho ao falar em público e buscamos ver como palestrantes com maior traquejo procedem, procurando identificar estratégias.

O mesmo acontece com as crianças e suas aprendizagens, só que de forma ainda mais intensa, pois tudo é novo para elas e os exemplos dos adultos de referência vêm acompanhados de um grande valor afetivo. Os pequenos observam os mais velhos com admiração, percebendo neles um modelo de como agir, como se relacionar e como compreender o mundo. Por isso, é essencial que enquanto adultos nos responsabilizemos pelo que ensinamos às crianças direta e indiretamente.

Considerando a importância que as interações têm na infância, a equipe do Toda Criança Pode Aprender desenvolveu um aplicativo chamado Apprendendo que dá algumas dicas e sugestões aos adultos de como aproveitar os momentos da rotina para favorecer as aprendizagens infantis. Baixe gratuitamente em seu dispositivo móvel de sistema Android ou iOS.

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar