Crianças sírias: quais os seus maiores medos? | Labedu
Casos e Referências

Crianças sírias: quais os seus maiores medos?

Imagem retirada de Uol Notícias.
14 de dezembro de 2015

Conheça aqui alguns dos medos enfrentados pelas crianças de Damasco, que vivenciam os horrores da guerra civil na Síria.

Passar por situações extremas é algo que demanda imensamente da capacidade humana de adaptação. Adultos e crianças que vivenciam acontecimentos traumáticos não passam por isso sem guardar cicatrizes e marcas,  que necessitam de elaboração para serem aos poucos superadas.

A violência e a sensação de ter a sobrevivência em risco são duas experiências dolorosas e difíceis de enfrentar. Quando ocorrem durante infância são mais graves, pois ainda não foram desenvolvidos os recursos intelectuais e emocionais para lidar com isso.

Pensando nesses aspectos, imaginemos agora o que as crianças sírias tem encarado ao longo da assustadora guerra civil que toma conta do país. O que será que sentem? Como percebem o que está ocorrendo ao seu redor? Quais suas perspectivas de futuro?

A organização humanitária britânica Cafod, que atende principalmente crianças  vítimas de guerra, começou a investigar estas questões, dando enfoque aos principais medos de quem vive a infância na Síria. Foi pedido aos pequenos moradores de Damasco que desenhassem seus temores. Entre eles, surgiram bombardeios, morte e tortura. A Uol Notícias publicou as imagens, que podem ser conferidas aqui na íntegra, ou em uma pequena seleção na galeria ao final do post.

É muito importante que nós adultos estejamos atentos às crianças em momentos assustadores como esses. Muitas vezes parece que, por serem pequenas, não compreendem o que as circunda. Mas na realidade sentem intensamente os acontecimentos e precisam de ajuda para lidar com eles, mesmo que a reestruturação demore a ocorrer.

Para entender mais sobre a Guerra Civil Síria, assista o vídeo abaixo:

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar