Casos e Referências

LEGO! Por favor, meninas mais ousadas e profissionais

20 de março de 2014..

Hoje eu fui a uma loja e vi legos em duas seções as rosas (menina) e os azuis (meninos). Tudo o que as meninas faziam era sentar em casa, ir à praia, e comprar, e elas não tinham empregos mas os meninos iam em aventuras, trabalhavam, salvavam pessoas e tinham empregos, até nadavam com tubarões. Eu quero que vocês façam mais pessoas de lego meninas e deixem elas irem em aventuras e se divertirem, ok!?!” Charlotte

Um carta escrita no início deste ano, por uma menina de 7 anos, se viralizou na internet. Assim como outros posts colocados aqui e aqui, este também apresenta a consciência das crianças e sua crítica à forma como os adultos e o mercado lidam com o sexismo nos brinquedos.

Desta vez foi em relação ao Lego. E o que chama a atenção é a clareza que essa menina tem para indicar onde está o problema:

lego

Tradução livre:

legoesc

Muito bom, não!?

Se mais crianças tiverem essa consciência, o mundo terá menos preconceitos e discriminação no futuro. Para que isso ocorra, muito depende de nós, adultos…

Tomara que cheguemos lá!!!

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar