Palmada ensina? | Labedu
Dicas Práticas e indicações

Palmada ensina?

5 de setembro de 2013

Quando um adulto dá um tapa numa criança está ensinando que a agressão é uma forma válida de resolver um problema.

 

Um gesto estabanado pode provocar a queda de um copo barato ou de uma valiosa peça de porcelana. No primeiro caso não há castigo, mas no segundo a criança pode levar uma surra. Ou seja, a punição não está ligada ao gesto da criança, mas à consequência desse gesto e ao estado de espírito dos pais. Portanto, um tapa não ensina nenhuma regra.

Outra limitação do método da palmada é que ele se baseia na superioridade física dos pais, que é efêmera: os filhos estão crescendo e todos os pais já pararam de crescer. Para manter a mesma vantagem, será preciso apelar para acessórios cada vez mais pesados, da mão ao chinelo, deste ao cabo de vassoura e assim sucessivamente.

Ninguém acredita que com palmadas é possível ensinar os filhos a ser generosos, dignos ou confiantes. E são esses os valores que queremos transmitir.

Resposta de Lidia Rosenberg Aratangy, no texto Os pais comandam. Os filhos agradecem.

 

* Lidia Rosenberg Aratangy é psicóloga, terapeuta de casais e famílias, professora aposentada da Faculdade de Psicologia da PUC de São Paulo, da qual foi diretora de 1981 a 1985. Autora de vários livros sobre o relacionamento familiar, entre eles O Amor Tem Mil Caras (Ed. Olho Dágua), Pais que Educam Filhos que Educam Pais (Ed. Rideel), Livro dos Avós (Ed. Artemeios).

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar