fbpx
Dicas Práticas e indicações

Curtas que arrebatam #63: Lembranças

Curtas que arrebatam #63: Lembranças
19 de setembro de 2019
Este artigo faz parte da série:

Curtas que arrebatam

As lembranças individuais e coletivas retratadas em animações.

É possível pensar sobre a memória na vida de uma criança de diferentes maneiras. Para os pequenos, todas as lembranças são de acontecimentos relativamente recentes, frescas e vívidas, mas eles seguem aprendendo com as memórias dos outros. Isso vai desde os avós que dizem “no meu tempo…”, até as aulas de história, quando entram em contato com memórias coletivas.

Os curtas que selecionamos são um passeio por lembranças: uma animação que explica como as memórias se formam, uma sobre memórias afetivas de uma cidade, outra sobre memórias de vida e, finalmente, uma animação abstrata sobre a sensação de perda de memória.

Como conseguimos lembrar de tantas coisas? 

(Universidade das Crianças)


Para começar a pensar em memória, uma pequena aula sobre como elas são formadas no nosso cérebro.

Salto de Memória (Memory Sprint)

(Seth Boyden)

Um álbum de fotos é a porta de entrada para uma mulher passear pelo seu subconsciente em busca da memória de um momento com seus irmãos.

Aquele Som de Yorkshire

(“That Yorkshire Sound”/Marcus Armitage, BBC4)

O que é a memória de uma cidade? Com tanta história, pessoas e lugares diferentes dentro de si, essa animação é um retrato afetivo da memória da cidade de Yorkshire, na Inglaterra.

O Eu, Contido (Self, Contained)

(Chris Carboni)

O que acontece quando perdemos nossas lembranças? Se construímos nossa identidade com base em nossas experiências e memórias, como alguém que esquece suas memórias deve se sentir? Essa animação abstrata conta a história de uma mulher que tem um episódio temporário de amnésia.

 

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar