DESENVOLVIMENTO INFANTIL - Tchau barriga! E agora? Para onde eu vou? | Labedu
Casos e Referências

DESENVOLVIMENTO INFANTIL – Tchau barriga! E agora? Para onde eu vou?

Fonte: Pexels - Isaac Taylor
10 de novembro de 2014
Este artigo faz parte da série:

Desenvolvimento Infantil

O parto é o primeiro momento de contato do bebê com o mundo externo e fica registrado em sua memória corporal. Como tornar essa chegada uma boa experiência? Qual a relação do nascimento com o desenvolvimento ao longo dos próximos anos de vida da criança?

 

Como já vimos aqui ao falar de vida-intrauterina, quando a criança está na barriga da mãe vive experiências importantes para seu desenvolvimento físico, psíquico e emocional e já nasce com algumas competências que adquiriu ao longo dessa vivência.

Ao vir ao mundo, o bebê ainda é dependente do adulto e muito sensível aos estímulos que recebe.

Os primeiros momentos que experimenta ao sair da proteção do útero e entra em contato com o ambiente serão marcantes e ficarão guardados em memórias corporais profundas. Assim, quanto mais suave for esta transição entre um ambiente e outro, menos a criança sofrerá o impacto do nascimento.

Práticas de saúde com perspectiva humanizadora partem do pressuposto de que o nascimento é a primeira etapa de vinculação da criança com seus cuidadores e com o ambiente e estas relações serão bases importantes para favorecer o desenvolvimento intelectual e emocional futuro.

Algumas orientações dessa perspectiva são:

Esse período inicial logo após o parto é cheio de novidades para todos – bebê e adultos de seu entorno. Cada gesto, ação ou comportamento é uma descoberta. Por ser o primeiro momento de contato de uma pessoa com o mundo externo ao útero, é importante que se procure fazer dele uma recepção positiva, de modo que o bebê tenha uma impressão inicial do ambiente como lugar seguro. Isto o ajudará a ter uma atitude exploradora e curiosa em relação ao seu entorno, o que é fundamental para seu desenvolvimento.

Continuaremos explorando os temas de aprendizagem e crescimento próprios de cada fase pela qual a criança passa.

Esperamos sugestões, perguntas e exemplos de vocês! Acompanhe nossos posts e descubra o que vem a seguir!

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar
Casos e Referências . Infância e Sociedade, Desenvolvimento ...

DESENVOLVIMENTO INFANTIL – Dos 7 aos 12 anos: tempo de grandes mudanças

No post final de nossa série sobre desenvolvimento infantil, trataremos dos últimos anos da infância, ...

Casos e Referências . Desenvolvimento Infantil, Saúde ...

DESENVOLVIMENTO INFANTIL – Dos 4 aos 6 anos: conquistando o mundo!

Em mais um post da nossa série sobre desenvolvimento infantil, descubra como as crianças de 4 a 6 anos ...

Casos e Referências . Desenvolvimento da Linguagem, ...

DESENVOLVIMENTO INFANTIL – Dos 2 aos 3 anos: Satisfações da autonomia e resistência às frustrações

Entre os dois e os três anos de idade ocorrem aprendizagens fundamentais na vida das crianças que impactam ...

Casos e Referências . Desenvolvimento Infantil, Saúde ...

DESENVOLVIMENTO INFANTIL – As conquistas do primeiro ano de vida

Até agora já descobrimos muito sobre como o bebê aprende e se desenvolve desde o momento que está na ...

Casos e Referências . Desenvolvimento da Linguagem, ...

DESENVOLVIMENTO INFANTIL – 10 a 11 Meses: Primeiros passos e primeiras palavras

Nesta continuação de nossa série de posts sobre desenvolvimento infantil, veja como as crianças próximas ...

Casos e Referências . Desenvolvimento Infantil, Saúde ...

DESENVOLVIMENTO INFANTIL – Dos 7 aos 9 meses: A descoberta dos próprios gestos

Descubra aqui como os bebês são capazes de lidar com situações complexas tais como os momentos de separação ...