Mamean: sobre a independência das crianças japonesas | Labedu
Casos e Referências

Mamean: sobre a independência das crianças japonesas

20 de julho de 2016

Conheça a menina japonesa que cozinha, pinta parede, planta hortas e passa aspirador de pó em casa. Ao observar, pelo instagram, a sua rotina, é possível refletir sobre diferenças culturais e aprender como os japoneses criam crianças autônomas.

Já falamos aqui sobre a maneira como, no Japão, as crianças são criadas para serem independentes, acumulando responsabilidades desde muito pequenas.  Também já falamos sobre a importância de atribuir tarefas domésticas às crianças desde cedo, para que elas ganhem autonomia e desenvolvam um senso de responsabilidade e colaboração.

Apresentamos aqui uma menina japonesa, com 4 anos recém completados, que tem sua vida documentada pelos pais no instagram desde os 2, e que, desde muito pequena, já realiza uma série de tarefas domésticas que muitos adultos no Brasil consideram “coisa de adulto”. Vendo a galeria de fotos da pequena menina mostrando o alcance das suas habilidades, é preciso considerar: Isso é que é apostar na capacidade da criança!

Da próxima vez que precisar fazer uma tarefa de casa, que tal convidar sua criança para te ajudar?

 

post 20-07

Passando o aspirador de pó

Pintando uma porta

Pintando uma porta

Costurando

Costurando

Fazendo panquecas

Fazendo panquecas

Preparando panquecas, da massa à frigideira

Um vídeo publicado por mamean (@mamean) em

Preparando panquecas, da massa à frigideira

 

Cortando, com segurança, diversos vegetais Um vídeo publicado por mamean (@mamean) em

Cortando, com segurança, diversos vegetais

Nota: É importante ressaltar que há um elemento um tanto perturbador de poder acompanhar tão de perto a vida de uma criança que está há milhares de quilômetros de distância de nós. A super exposição de crianças na internet ameaça as suas privacidades antes que elas possam refletir sobre isso, e as insere desde muito cedo em uma lógica de compartilhamento e exibição que pode afetá-las das mais diversas maneiras.

Ainda que seja maravilhoso ter a oportunidade de aprender, dessa maneira, sobre como uma outra cultura cria suas crianças e que hábitos podemos adotar com eles, a privacidade das crianças é algo que sempre deve ser levado em consideração.

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar