fbpx
Casos e Referências

Menino usa dinheiro que ganhou de aniversário para pagar a ida de seu amigo a uma excursão da escola

Menino usa dinheiro que ganhou de aniversário para pagar a ida de seu amigo a uma excursão da escola
Imagem retirada de: Pexels
16 de janeiro de 2020

Na escola municipal Francisco Murilo Pinto, de Bragança Paulista, SP, estudam Iago e Matheus, amigos que moram perto um do outro e fazem, todos os dias, o mesmo trajeto até lá. A turma do 5º ano estava organizando um passeio ao Museu do Futebol e ao Museu Catavento, ambos localizados na cidade de São Paulo. Foi quando Matheus soube que o amigo não poderia comparecer por atravessar, junto à família, dificuldades financeiras.

Ele ficou matutando por algum tempo maneiras de ajudar Iago, e foi aí que teve a brilhante ideia de aproveitar uma quantia em dinheiro recebida de seu tio pelo seu aniversário (R$35) e pedir mais R$10 aos seus pais para que pudesse inteirar o valor do ingresso e do ônibus, necessários para garantir a presença do amigo no passeio.

A diretora do colégio, Mônica, se comoveu com a história e resolveu compartilhá-la nas redes sociais, a fim de inspirar outras pessoas com esse exemplo. Em menos de 24 horas, a postagem teve mais de 2,7 mil curtidas e mais de 700 compartilhamentos. Em entrevista para o jornal O Globo, ela conta:

“O Matheus tirou todo dinheirinho do bolso e perguntou se ainda dava para o Iago ir. Perguntei como ele conseguiu o dinheiro e, quando ele falou, fiquei emocionada. Elogiei muito. Ele tinha pouco e compartilhou esse pouco. (…) São atitudes que quase a gente não vê, quando tem algo assim, nos enchemos de orgulho. Demos a medalha e devolvemos o dinheiro para ele”.

A escola reconheceu o gesto de Matheus e, além de dar a ele uma medalha pelo ato de solidariedade ao amigo, devolveu todo o seu dinheiro e fez questão de subsidiar a ida de Iago como mérito de sua empatia e preocupação com o outro.

Iago (esquerda) e Matheus (direita) Fonte: Arquivo pessoal

São movimentos como esse que queremos ver mais, tanto entre as pessoas, como dentro das instituições educacionais, que valorizam tais atitudes e investem em seus alunos, encontrando meios de oferecer as mesmas oportunidades, ainda que as desigualdades existam e impeçam, na maioria das vezes, o acesso à cultura, à arte e tantas outras coisas que atravessam a vida de cada um deles.

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar