A hora de aprender é a todo instante | Labedu
Casos e Referências

A hora de aprender é a todo instante

Adelyn dançando o dubstep.
18 de maio de 2016

Uma menina de 12 anos que aprendeu a dançar a partir de vídeos da internet: o que podemos refletir sobre isso?

Aqui no Toda Criança Pode Aprender pensamos que as crianças estão aprendendo a todo o momento, com as mais diversas atividades e vivências. Já falamos sobre isso muitas vezes, como aqui, aqui e aqui. Neste post abordaremos o assunto a partir da experiência de uma menina de 12 anos que aprendeu a dançar sozinha, assistindo a vídeos do YouTube.

Adelyn Malcolm, de 12 anos, conta em um vídeo realizado pela Fusion sobre como aprendeu diferentes passos e movimentos observando outros dançarinos nos vídeos. Inspirada por um trabalho escolar, no qual pesquisaria sobre Michael Jackson, a garota começou a investigar mais sobre o “dubstep”, estilo muito praticado pelo artista. Ela conta:

“Eu vou ao Youtube, procuro coisas aleatórias como ‘como dançar dubstep ou como fazer o ‘pop’n’lock’ e, para aprender o movimento, eu costumo assistir o vídeo várias e várias vezes. Eu devo ter assistido milhões de vídeos até eu entender como eles dançavam. (…) Se você está na internet, você pode realmente aprender e ensinar a si mesmo. É algo que te permite voltar atrás, pausar, assistir mais de uma vez… Mas numa sala de aula, você não pode fazer isso.”

Concordamos com Adelyn quando ela diz que a internet pode ser um instrumento de aprendizagem. Porém, isso não significa que as crianças saibam como utilizar essa ferramenta de modo seguro ou com olhar crítico. Justamente por isso a presença do adulto se torna fundamental para ajudar a filtrar a enorme quantidade de informação disponível online.

Vale a pena assistir Adelyn dançando e perceber concretamente o enorme potencial de aprendizagem que a imitação, a observação e a experimentação promovem. Isso também conta sobre o quanto as crianças aprendem observando os adultos, que servem de modelo e referência. Não só movimentos ou práticas concretas são aprendidos, como também aspectos mais abstratos, tais quais uso da linguagem, lidar com as próprias emoções, se relacionar e pensar eticamente, por exemplo.

Assista ao vídeo aqui:

E você? Já percebeu crianças aprendendo por imitação e observação no dia a dia? De que maneira? Conte para nós nos comentários!

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar