Bebê e skate: uma combinação possível? | Labedu
Casos e Referências

Bebê e skate: uma combinação possível?

Imagem retirada do vídeo inserido no post.
4 de novembro de 2016

Vemos, rotineiramente, que as crianças são muito mais capazes do que imaginamos e aprendem de tudo. Nesse post, trazemos mais um exemplo disso!

Uma criança de 1 ano e 10 meses, considerado ainda um bebê, poderia já se aventurar a fazer manobras num skate? Talvez, de imediato, a resposta seja: “Não! Pode ser perigoso!” ou ainda “Não, nessa idade eles não têm coordenação ou equilíbrio para isso”. Nossa resposta para isso é outra pergunta: Será?

As crianças pequenas possuem uma imensa capacidade para aprender. Como comentamos aqui, os bebês nascem com mais neurônios do que possuem os adultos, o que os torna aptos para realizar inúmeras conexões. Isso significa um potencial imenso para aprendizagens.

Um vídeo publicado recentemente numa rede social não apenas demonstra e valida esse potencial como responde à questão da interação entre um bebê e um skate. Vamos assisti-lo?

Devidamente protegido para não se machucar e tendo a proximidade de um adulto, Wyatt – de 1 ano e 10 meses – interage com um skate, lidando com suas próprias possibilidades e seus limites. Ali, ele experimenta, vivencia problemas de equilíbrio, de tempo, tenta, erra, retoma, coloca em jogo um conjunto de conhecimentos e aprende, favorecendo seu desenvolvimento motor e a confiança em si mesmo. E faz isso, ao menos pelo que podemos ver, de forma divertida, como brincadeira – o que é fundamental nessa idade!

Que tal, então, acreditarmos e apostarmos cada vez mais no potencial de aprendizagem das crianças?

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar