Livros que fazem as crianças crescerem #11 - Bons livros que geraram bons filmes, e vice-versa | Labedu
Dicas Práticas e indicações

Livros que fazem as crianças crescerem #11 – Bons livros que geraram bons filmes, e vice-versa

27 de fevereiro de 2015
Este artigo faz parte da série:

Livros que fazem as crianças crescerem

Você já pensou de quantas formas é possível contar e conhecer uma mesma história? E será que a história muda quando é contada numa outra linguagem, como a dos livros e a dos filmes?

Livros podem presentear as crianças com histórias maravilhosas, por meio de imagens, da palavra escrita ou da interação entre ambos. Filmes, por sua vez, também podem contar divertidas e belas histórias, explorando a fala, a música e as imagens em movimento. E quando a história de um livro se torna um filme? Para as crianças isso pode representar uma experiência bem interessante, já que são convidadas a ver e rever uma história, mas com algumas diferenças, dadas as peculiaridades que marcam essas duas formas de arte.

Selecionamos, nesta edição, algumas histórias que foram contadas desses dois modos: em livros e em filmes, de curta ou de longa metragem.

Mary Poppins

Para começar, um clássico do cinema: Mary Poppins. Esse filme, de 1968, teve origem numa série de oito livros escritos pela autora australiana, Pamela Lyndon Travers, em 1934. Nessa série, a babá Mary Poppins vive inúmeras aventuras, tendo parte delas retratada no longa metragem. Um clássico de todos os tempos que continua a agradar as crianças!

Mary Poppins – Cosac Naify

Trailer original do cinema – 1968

A Fantástica Fábrica de Chocolate

A fantástica fábrica de chocolate, em suas duas adaptações para o cinema (1971 e 2005), e no livro de Roald Dahl (lançado em 1964, na versão em inglês), apresenta muitos e muitos detalhes sobre Charlie e as demais crianças e ainda sobre o homem misterioso que se encontra com todas elas antes da visita à fábrica. A leitura é realmente “fantástica”!

A fantástica fábrica de chocolateEditora Martins Fontes

Trailer oficial – adaptação de 2005

A Maior Flor do Mundo

E por que não conhecer adaptações de livros para curtas? Uma combinação perfeita foi a adaptação de A maior flor do mundo, do consagrado autor português José Saramago. Aqui, a fantasia de um menino o coloca numa grande, linda e delicada aventura para fazer crescer o que será a maior flor do mundo ou, como no original, A flor mais grande do mundo.

A maior flor do mundo – Editora: Caminho

O curta traz ainda um presente extra para o público: a narração do próprio escritor, José Saramago.

Azur e Asmar

O contrário também pode resultar numa experiência e tanto: um filme gerando um livro. No longa, As aventuras de Azur e Asmar, cuja origem remete à As mil e uma noites, dois meninos – um príncipe e o filho de sua ama-de-leite – crescem com um desejo em comum e percorrerão uma longa trilha de aventuras e de descobertas valiosas, especialmente sobre a amizade. Essa obra do cinema pode ser revisitada no livro Azur e Asmar.

Trailer oficial de As aventuras de Azur e Asmar, de Michel Ocelot

Azur e Asmar – Editora SM

Aprecie essas dicas com as crianças e converse com elas sobre as diferenças e semelhanças entre as histórias contadas dessas duas formas. Depois, mande para nós seus comentários e sugestões.

Verifique se os livros indicados neste post estão disponíveis em alguma biblioteca próxima a você. Também é possível adquiri-los nos links abaixo:

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar