Dicas Práticas e indicações

Espaço de Leitura #6 – Onde está o meu cachorro?

Espaço de Leitura #6 – Onde está o meu cachorro?
Imagem extraída do conto “Onde está o meu cachorro?”
1 de junho de 2018..
Este artigo faz parte da série:

Espaço de Leitura

Um cachorro perdido e um grupo de crianças tentando encontrá-lo, contando com a ajuda de alguns exploradores, pistas e orientações espaciais. Conheça mais dessa história do Espaço de Leitura e seu potencial para fazer com que as crianças ampliem suas competências de uso da linguagem.

A leitura de histórias para as crianças cumpre papeis importantes, inclusive para o desenvolvimento da linguagem – seja a oral ou a escrita. Na plataforma Espaço de Leitura, do Laboratório de Educação, diversas histórias são disponibilizadas gratuitamente para que as crianças se divirtam com enredos e aventuras. Além disso, há também jogos e atividades que possibilitam que os pequenos aprendam mais sobre usos e construções feitas por meio da linguagem.

Aqui no Toda Criança Pode Aprender já comentamos sobre o potencial e os focos que cada uma dessas histórias apresenta. Confira aqui: “As sete cabritinhas e o lobo”, “A lenda de Sigurd”, “Irina e seu álbum de memórias” e “Mandrágora”.

A mais nova história inserida na plataforma gira em torno da aventura de um grupo de quatro crianças em busca do cachorro de uma delas, que se perdeu em um bosque. Em “Onde está o meu cachorro?”, para enfrentar os desafios dos caminhos e identificar pistas deixadas pelo cão, as crianças terão que contar com a ajuda de alguns exploradores que encontram pelo bosque.

A narrativa conta com repetições tanto de eventos quanto de frases e expressões, o que favorece antecipações por parte das crianças. Por exemplo, os quatro personagens centrais perguntam a cada explorador que encontram no caminho: “Você viu um cachorro que se perdeu ontem no bosque? É um golden retrivier médio, dourado, divertido e brincalhão”. No caso dos eventos, a repetição se dá pelo encontro com um novo explorador disposto a ajudá-las.

O bosque, ambiente no qual se passa a narrativa, traz distintos elementos em sua configuração: colinas íngremes, caminhos sinuosos, trechos repletos de árvores e galhos etc. Lá, é preciso que as crianças se orientem ao longo do percurso: desçam, subam, observem o que está abaixo, acima, sigam à direita ou à esquerda e que vejam o local a partir dessas diferentes perspectivas. Neste sentido, tanto o conto quanto os jogos sugeridos suscitam usos específicos da linguagem para favorecer que as crianças observem e ampliem seus conhecimentos sobre palavras e expressões que apoiam a orientação espacial e permitem construir representações mentais para desenhar mapas, descrever percursos, deslocar nossos corpos ou mesmo objetos.

Na comunicação com outras pessoas, o uso da linguagem para a compreensão do espaço e de suas dimensões é fundamental. Mais precisamente, a comunicação que envolve as questões espaciais demanda o domínio de preposições e de advérbios, sem os quais a troca de informações e as descrições não se efetivariam. “Abaixo”, “em cima”, “lá”, “aqui”, “sobre” são alguns exemplos de palavras e expressões que usamos ao nos referirmos às dimensões espaciais. Os jogos que acompanham a história trazem justamente a oportunidade de que as crianças lidem com situações em que precisam compreender essas palavras, localizando objetos, analisando perspectivas, considerando distâncias e trilhando percursos.

Como acontece com as demais histórias, “Onde está o meu cachorro?” é acompanhada por um material chamado de “Para saber mais”, que contém um conjunto amplo de informações e orientações para os profissionais de educação ou para quaisquer adultos interessados em compreender melhor as especificidades da linguagem e de sua aquisição.

Além de divertir e fomentar aprendizagens sobre a linguagem, o conto instiga um olhar mais apurado sobre a amizade, já que é para a ajudar um colega a encontrar seu querido cão que as quatro crianças resolvem enfrentar essa aventura no bosque.

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar