fbpx
Casos e Referências

Criatividade em tempos difíceis: crianças refugiadas criam seus próprios brinquedos

Criatividade em tempos difíceis: crianças refugiadas criam seus próprios brinquedos
Foto: Nora Lorak/National Geographic
25 de Fevereiro de 2019

Frente às dificuldades da vida como refugiadas, crianças inventam brinquedos engenhosos e brincadeiras criativas a partir de lama e caixas de suprimentos humanitários.

Atualmente, cerca de metade dos refugiados do mundo são crianças, ou seja, mais de 11 milhões de pessoas.

Muitas vivem desacompanhadas, sem perspectivas de reencontro com seus parentes. E campos de refugiados não são locais apropriados para elas: além do acesso a comida, saúde e abrigo ser inadequado, não há escolas e há poucas atividades voltadas para a infância. Que infância as crianças que vivem em meio a conflitos e guerras podem ter?

Cerca de 200 mil crianças vivem hoje como refugiadas na região de Bidibidi, em Uganda, onde a lama vermelha é tão fértil e flexível quanto as suas imaginações. Mesmo em meio a tantas adversidades, as crianças brincam e criam.

A fotógrafa Nora Lorak registrou alguns dos brinquedos construídos a partir de lama e sucata. Eles demonstram a extraordinária inventividade infantil, mesmo em um cenário tão desafiador. As fotos a seguir foram publicadas pela National Geographic:





O que será que essas crianças engenhosas e criativas poderiam desenvolver fora de um contexto de guerra e sobrevivência, com acesso aos recursos adequados para uma boa infância?

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar