fbpx
Casos e Referências

Como a musicalidade pode ajudar na alfabetização?

Como a musicalidade pode ajudar na alfabetização?
Imagem retirada de Grupo Violes.
6 de junho de 2016

A aprendizagem inicial da linguagem oral e da linguagem escrita pode ser potencializada por inúmeras experiências. Saiba mais aqui!

No Toda Criança Pode Aprender estamos sempre atentos a situações cotidianas que, embora muitas vezes passem despercebidas pelos adultos, são de extrema importância para a aprendizagem das crianças. Embora alguns conteúdos e processos de conhecimento específico sejam trabalhados de forma mais sistemática a partir do ingresso na escola, as crianças não aprendem apenas nos contextos da sala de aula. Quaisquer aprendizagens, realizadas na escola ou fora dela, dependem de experiências, vivências, informações e conhecimentos construídos previamente e que são base para que novos sejam adquiridos.

Ler, escrever, ouvir e falar… Todas essas práticas sociais estão vinculadas. Há aspectos particulares que devem ser trabalhados para que se adquira desenvoltura suficiente para usar essas práticas com competência em situações cotidianas. Porém, há também uma série de interações e aprendizagens que podem ajudar indiretamente na relação com a linguagem.

Em entrevista ao Laboratório de Educação, a pedagoga e psicomotricista Carolina Elisabeth Oliveira indica que ter desenvoltura com questões rítmicas é um elemento importante para potencializar a fala, a leitura e a escrita.

A partir da vivência corporal de experiências como ouvir música, dançar, cantar, batucar ou realizar brincadeiras que envolvem uma marcação dos sons e movimentos no tempo, a criança vai desenvolvendo uma noção interna de ritmo. Essa ideia de uma melodia interna também é explorada pela pesquisadora Michèle Petit, conforme exploramos aqui. Esse elemento será fundamental para entender e reproduzir entonações, algo essencial à compreensão e bom aproveitamento da linguagem, seja ela em forma de fala ou texto.

Recomendamos conferir a entrevista completa com Carolina Elisabeth abaixo para compreender mais aspectos do desenvolvimento intelectual que estão relacionados às vivências corporais. Quanto mais pudermos saber sobre as diferentes formas das crianças aprenderem, mais oportunidades poderemos dar para que elas se tornem cada vez mais apaixonadas por conhecer!

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar