Como é ver algo pela primeira vez? | Labedu
Casos e Referências

Como é ver algo pela primeira vez?

Imagem retirada do vídeo inserido no post.
26 de maio de 2014

Descobrir… sentir algo pela primeira vez, ter uma emoção nunca antes experimentada é algo impressionante. Poucas vezes registramos momentos que marcam essa experiência primeira em nossa vida. Aqui vemos uma menina, vendo pela primeira vez a chuva.

Nosso repertório de conhecimentos é todo construído a partir do que pudemos nos apropriar. Dessa interação com o mundo, das experiências vividas, das construções, relações, reflexões…

O encantamento maior é conseguirmos ver e sentir esse momento mágico no instante em que vivemos algo pela primeira vez.

Podemos lembrar da sensação de termos um livro que nos proporciona sentimentos nunca antes experimentados, e que – infelizmente – não se repetirá com a mesma intensidade e especificidade com esse mesmo livro… mas que pode ser que se repita com outros tantos.

Também podemos recordar de quando conseguimos nos equilibrar pela primeira vez em cima de uma bicicleta e sentir a liberdade do vento batendo no rosto e o delicado balanço para nos mantermos em movimento… Ou ainda a emoção dos adultos que testemunham os primeiros passos de um bebê que conquista uma postura que utilizará por toda sua vida, dando-lhe mobilidade e independência.

Pena que na maioria dos casos, não nos lembramos da surpresa ao nos darmos conta que estamos lendo sozinhos e decifrando as marcas gráficas que antes eram indecifráveis.

Esses são alguns dos momentos que mostram a beleza da “primeira vez”.

Aqui apresentamos o lindo conto de Eduardo Galeano sobre Diego, quando vê o mar pela primeira vez (para ler de novo, clique aqui).

Algumas primeiras vezes são marcantes.

Nesse vídeo vemos Kayden, de 15 meses, descobrindo a chuva. Que encanto!

Que emoções sente? Que pensamos tem? Que aprendizagens podem estar construindo?

Se você tem uma “primeira vez” de criança para compartilhar, mande pra nós!

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar