Livros que fazem as crianças crescerem #12 - Avós e netos | Labedu
Dicas Práticas e indicações

Livros que fazem as crianças crescerem #12 – Avós e netos

20 de março de 2015
Este artigo faz parte da série:

Livros que fazem as crianças crescerem

Histórias para, e sobre, avós e netos.

A relação entre avós e netos é mesmo única e merece, sempre que possível, ser vivida intensamente. E é por isso que essa edição é dedicada a livros que tratam dessa relação e que podem ser lidos por avós e netos, juntos, ou mesmo e também por todos os outros membros da família! Vamos conhecer as dicas?

Em Minha avó, sua avó, a autora Florence Noiville apresenta sua própria avó, uma francesa de 101 anos. Na parte inicial do livro, Florence conta a história de vida da avó, que se cruza com a história mundial, passando por guerras, grandes invenções, grandes conquistas (como a chegada do homem à lua!) e muito mais. Afinal, como diz a autora, são 100 mais 1 ano de vida!

Minha avó, sua avó

Texto de Florence Noiville e Ilustrações de Christelle Enault

Editora Cosac Naify, 2013

A segunda parte do livro é constituída por um conjunto de páginas que, conforme propõe a autora, devem ser construídas por avós e netos juntos. São várias propostas para que a criança conheça melhor sua avó e um pouquinho de como era sua infância – como era sua escola, suas brincadeiras – e para que reúna lembranças, como ao sugerir o registro, com tinta, das marcas da mão da avó, sua música favorita, a receita de um dos pratos deliciosos que prepara. Um lindo livro para ler e reler, e um álbum para guardar e rever!

Outra sugestão encantadora traz um avô conversando com seu neto. Em A África, meu pequeno Chaka, assim como em Minha avó, sua avó, a história de vida não se separa da história mundial. Nessa segunda obra, porém, é a história cotidiana de uma das tantas aldeias africanas que é contada, compondo uma bela narrativa. Ali, as crenças, histórias e tradições da aldeia são transmitidas oralmente, do avô para o neto. E é a curiosidade de Chaka que faz isso acontecer; toda a conversa tem início com o pedido melodioso do garoto: “Conte, vovô Dembo, me conte…”. Como toda criança, ele quer saber mais e mais e nada melhor do que ouvir o avô, que “é mais sábio que o marabu” e que “conta histórias melhor que ninguém”.

A África, meu pequeno Chaka

Texto de Marie Sellier e ilustrações de Marion Lesage

Editora Companhia das Letrinhas, 2006

As ilustrações também merecem um olhar apurado, e cabe chamar a atenção das crianças para elas, já que apresentam obras de arte que retratam traços das culturas africanas e que fazem parte do acervo do Musée du Quai Branly, em Paris (no site do museu, é possível apreciar todas essas obras e muitas outras). 

Nessas duas indicações, as autoras trazem também o tema da saudade, da possibilidade da separação e, por isso, do valor das lembranças. Esse último é, sobretudo, o assunto abordado em outra obra lindíssima, Vôvo Verde, de Lane Smith. Nesse livro, as recordações e boa parte da vida do avô, que já não se lembra de muitas dessas coisas, estão retratadas nas obras que esculpe em seu tão precioso jardim, junto, é claro, com o neto.

Vovô Verde

Texto e ilustrações de Lane Smith

Editora Companhia das Letrinhas, 2013

Com essas dicas, que tal criar um momento de leitura bem gostoso entre avós e netos? Ou, então, entre pais e filhos, para falar sobre, para recordar…

Verifique se os livros indicados neste post estão disponíveis em alguma biblioteca próxima a você. Também é possível adquiri-los nos links abaixo:

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar