Livros que fazem as crianças crescerem #27: para conversar sobre diferenças | Labedu
Dicas Práticas e indicações

Livros que fazem as crianças crescerem #27: para conversar sobre diferenças

24 de junho de 2016
Este artigo faz parte da série:

Livros que fazem as crianças crescerem

Essa seleção de livros traz como tema central as diferenças, abordadas com delicadeza e beleza por seus autores e ilustradores. Confira aqui!

A literatura é uma forma de expressão artística e os livros, como objetos, existem para serem apreciados pelos adultos e pelas crianças. Alguns deles, porém, também podem fomentar reflexões e conversas sobre os mais diferentes assuntos, ampliando o olhar das crianças sobre o mundo que as cerca. Por vezes, até temas complexos, como a diversidade humana, podem ser trazidos para o universo infantil por meio dos livros.

É justamente esse foco que temos na seleção dos títulos a seguir: as diferenças representadas pelos personagens ou pelas situações e que favorecem inúmeras descobertas!

Azul e Vermelho. Duas cores distintas, preferidas por uns e por outros, rechaçadas por uns e por outros. O pai e a mãe da criança, que narra a história, tem cada qual sua preferência e nunca chegam a um acordo. Será que os consensos nunca são possíveis? Será preciso que o personagem-narrador tenha sempre que ficar do lado do pai ou da mãe ou será que ele pode fazer suas próprias escolhas e unir o que há de melhor nos dois lados? Essas são as descobertas que permeiam todo o enredo. 

Azul e Vermelho

Texto de Mireya Tabuas e Ilustrações de Patrícia Van Dalen e Ricardo Báez

Editora: Peirópolis

 

Página interna do livro Azul e Vermelho

Todas as ilustrações brincam, ao longo de boa parte do livro, com imagens nas duas cores, usualmente uma em cada página, marcando a separação e as diferenças que a narrativa aborda.

Jim é uma gaivota marinha, de penas brancas, e Jack é um melro, de penas negras. Jim mora numa vila e Jack num bosque. É num passeio na praia que um encontra o outro. Os dois rapidamente ficam amigos e se divertem juntos. Mas os vizinhos de Jim, todos gaivotas, estranham o pássaro de penas escuras, o acham esquisito e não gostam dele. Mas como isso pode acontecer se sequer o conhecem?

Meu amigo Jim

Texto e ilustrações de: Kitty Crowther

Editora Cosac & Naify

Detalhe de página interna de Meu amigo Jim

As diferenças entre os dois não impedem uma amizade e ainda ensinam sobre respeito e sobre a importância de conhecer o outro e de aprender com ele.

Pipo é um corvo, mas suas asas são pequenas demais e ele não consegue aprender a voar. Ele mora com a família no alto de uma chaminé e vive entristecido, vendo seus irmãos fazerem coisas que ele não consegue fazer. Por ali, todos o chamam de pinguim, o que também o incomoda. Acontece que Pipo nem sabe o que isso quer dizer e resolve descobrir por si mesmo. Será que é tão ruim ser um pinguim ou se parecer com ele?

A sorte de Pipo

Texto e ilustrações de Matze Doebele

Editora Peirópolis

Página interna de A sorte de Pipo

E é junto aos pinguins que Pipo descobre que pode fazer coisas que não imaginava, pode se divertir e ser feliz, mesmo sem saber voar. E isso também não significa abandonar aqueles que ele ama, tampouco ser abandonado por eles!

Aprender com os outros, reconhecer as diferenças, respeitá-las e valorizá-las, chegar a consensos, fazer escolhas… Tudo isso é parte importante da vida, da formação humana, e precisa integrar, desde cedo, as experiências das crianças.

Verifique se os livros indicados neste post estão disponíveis em alguma biblioteca próxima a você. Também é possível adquiri-los nos links abaixo:

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar