teste
Casos e Referências

O que é a infância para Paulo Tatit?

O que é a infância para Paulo Tatit?
Imagem retirada de Portal Lunetas
Em parceria com Lunetasicone-link-externo

O Lunetas é um portal de conteúdo sobre as muitas infâncias do Brasil. Pensado para famílias e interessados no tema, o site oferece informações em diversos formatos, conta histórias, provoca reflexões, inspira atitudes e também explora os múltiplos olhares sobre as múltiplas infâncias.

8 de novembro de 2018..

Integrante da dupla “Palavra Cantada”, que canta e encanta já duas gerações de crianças, conta como vê a infância. Confira neste post de nosso parceiro Portal Lunetas.

Eles estão na estrada desde 1994, cantando e tocando para crianças de todos os tamanhos; tanto que apresentá-los é quase redundância. A dupla musical infantil “Palavra Cantada”, formada por Paulo Tatit e Sandra Peres, há tanto tempo é constituída pelas infâncias de todo Brasil que é impossível não querer saber o que aprendeu com as crianças e como foi afetada por tantas poéticas que marcam seus shows, bate-papos e aproximações com as crianças.

Além do desfralde, outros acontecimentos importantes do desenvolvimento infantil -não só a partir da perspectiva da criança, mas também dos pais – aparecem nas letras das músicas da dupla. A criação com apego, a educação afetiva, os vínculos afetivos são parte desse universo. Uma das canções, a fábula nonsense “Assim Assado”, foi criada em parceria com um dos maiores nomes da literatura infantil e juvenil brasileira, a escritora Eva Furnari.

Trabalhar para e com as crianças é um acordo vitalício de renovar as coisas, como conta Tatit, que relembra como a “Palavra Cantada” foi transformada pela tecnologia. Acostumados ao CD e às mídias analógicas, hoje eles se veem na missão de estar constantemente conectados ao digital e muitos de seus trabalhos são produzidos especificamente para a internet.

E para saber o que pensam sobre a infância, o Portal Lunetas perguntou para Tatit: o que é ser criança para a “Palavra Cantada”?

Do alto da experiência adquirida por quem há mais de duas décadas dedica sua criação artística a elas, Paulo Tatit diz sem titubear: “é a melhor fase da vida”. Porém, em sua fala aparece com força a consciência de que a oportunidade de efetivamente viver essa fase não chega a todas as crianças.

“Para curtir plenamente essa fase, a criança precisa ser livre, conviver com pessoas amáveis, ser bem alimentada e ter paz interior. Infelizmente, no nosso país ultraviolento e desigual, uma infância assim, plena, é quase uma utopia”, pondera.

Desde as letras e os arranjos até as gravações e a composição dos shows da Palavra Cantada, tudo é marcado por um respeito às dimensões intelectuais e socioemocionais de quem ouve, e que também dizem muito sobre o que é, afinal, ser criança. O aprendizado, aqui, como diz Tatit, é perceber a cada dia que os pequenos têm capacidades imensas. Por isso, muito além de ser “educativo” ou didatizante, a arte produzida para elas deve considerar essas múltiplas dimensões e oferecer toda a complexidade e riqueza (sonora, poética, estética, cultural) que for possível.

Tatit comenta ainda sobre o poder do brincar e a relação das crianças com a música. Para conhecer essas e outras colocações do artista, acesse o texto na íntegra aqui.

Texto adaptado de: Portal Lunetas

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar