Quanto tempo damos aos nossos filhos para aprenderem? | Labedu
Casos e Referências

Quanto tempo damos aos nossos filhos para aprenderem?

9 de dezembro de 2013

Quantas vezes você já falou para o seu filho “andar logo”? Quantas vezes você já brigou com o seu filho porque ele precisava de “mais cinco minutinhos” quando você já estava super atrasado?

Essas situações provavelmente acontecem diariamente… vivemos em um mundo em que o tempo é quase considerado ouro, perder tempo é perder oportunidades, experiências, dinheiro… mas e se nós usássemos esse tempo para viver melhor? Estaríamos perdendo tempo?

Esses são alguns questionamentos que uma menininha de 6 anos provocou em sua mãe.

O texto escrito por Rachel Macy Stafford conta a história de sua filha e o dia em que ela parou de mandar a sua filha andar logo. O texto serve de espaço para reflexão a muitos pais e mães sobre a maneira que lidam com os tempos de seus filhos.

O texto ajuda a pensar como respeitar mais uma criança, respeitar a maneira com que observa o mundo, a maneira que constrói seus conhecimentos, a maneira com que transforma as suas experiências em vivência, a necessidade que tem do tempo para poder entender suas essências.

Permite também observar como lidamos com a nossa própria vida.

É um choque poder encarar cara-a-cara um dos maiores problemas da humanidade, a vontade de controlar o tempo.

Quantas coisas podemos aprender ao observar as crianças! Como Rachel Stafford o fez, é preciso observar atentamente as crianças e entender como o seu mundo funciona. Por meio disso, nós podemos oferecer o melhor para crescerem e se formarem como pessoa e, também, entender um pouco sobre como o nosso mundo funciona e a necessidade de alterar alguns costumes para sermos cada vez melhor.

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar