fbpx
Dicas Práticas e indicações

Quer tornar ainda mais divertida uma visita ao museu com crianças?

Quer tornar ainda mais divertida uma visita ao museu com crianças?
7 de fevereiro de 2014

Exposições e mostras são atividades educativas de primeira linha, mas sem alguma preparação as crianças talvez não aproveitem tudo o que podem. Saiba como reverter esse quadro.

Os museus são um lugar e tanto para aprender sobre arte, cultura e história, disso ninguém duvida. Mas também podem ser formais e pouco acolhedores para crianças. Com um pouco de preparação, todos podem sair ganhando com uma tarde em uma exposição. Saiba como:

Preparação é tudo – Antes de sair com seu pequeno, reserve algum tempo para falar sobre o que ele vai ver. Livros de arte com imagens de alguns dos quadros e biografia de artistas, material na internet para ilustrar o que vai ser visto ou simplesmente uma boa conversa sobre as atrações vão preparar e aguçar a curiosidade das crianças para a visita.

Nem tudo pode, antecipe – Nas primeiras visitas, vale a pena fazer alguns combinados e ser claro sobre o que se espera da criança durante o passeio. Gritar, tocar as obras ou empurrar quem está na frente não é permitido. Deixe claro antes para não bancar o chato na hora do evento e ainda se estressar com os pequenos.

museu engatinhando

Ajudinha profissional – Alguns museus oferecem visitas guiadas. Considere participar de uma delas com a família se não dominar o assunto ou se avaliar que, assim, terá uma experiência mais rica. Algumas crianças, por exemplo, vão prestar mais atenção se forem levadas a observar a exposição com essa ajuda.

Menos é mais – Se o museu for enorme, não adianta tentar fazer os pequenos observarem tudo com toda atenção. Melhor focar em alguma atração específica, exposição ou área a ser visitada. Você pode escolher a obra ou exposição que se relacione com algum assunto visto na escola ou interesse da criança.

museu baleia

Seja realista – Um dia inteiro no museu é cansativo até para adultos, imagine para os menores. Prepare a visita de acordo com a idade da criança. Uma hora ou duas bem aproveitadas são melhor negócio que impor uma tarde maçante. Melhor terminar a visita com gosto de “quero mais” do que “para mim chega”.

Coloque no contexto – Explicar para as crianças que um quadro foi pintando na época em que a vovó nasceu pode ajudá-la a ter uma ideia de tempo. Contar que algumas obras tem uma característica comum pode dar uma ideia do que seja um estilo. Relacionar o que se vê com épocas históricas também é uma forma ensinar sobre épocas diferentes.

museumostrando

Viva o que quer ensinar – Converse com as crianças sobre a exposição. Pergunte o que agradou mais, que os pequenos acham que o artista quis dizer com a obra, troque impressões ou sugira que as crianças desenhem ou escrevam sobre o que viram. E, além de discutir, vá com alguma regularidade a museus com as crianças. Elas vão gostar!

E você, tem alguma dica para tornar a visita a exposições mais atrativas?

Comente!

Fotos: Sandra Medrano

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar