Crianças podem lidar melhor com a morte do que os adultos | Labedu
Casos e Referências

Crianças podem lidar melhor com a morte do que os adultos

24 de setembro de 2013

As crianças podem entender a morte melhor que os adultos, mas à medida em que crescem nós fazemos com que não considerem um processo natural da vida.

Veja aqui um exemplo:

Juliana tem 5 anos e desde seus 3 anos fala da morte de forma muito natural que até surpreende e assusta sua mãe.

Fala que irá sentir saudades dela quando morrer e que irá guardar muitas fotos para poder olhar e matar as saudades, tudo de forma tranquila, que até chega a chocar sua mãe.

Em um domingo, estavam no carro indo almoçar, Juliana, sua mãe e seu pai, quando em um dado momento, sem saber exatamente porque, Juliana comenta que as pessoas morrem quando seu coração fica pequenininho.

A mãe pergunta: Como assim?

Juliana continua com sua tese:

– As pessoas nascem com um coração grandão, depois vai ficando velhinho e o coração vai ficando pequenininho até desaparecer.

Continua:

– Ó, a vovó, ela vai morrer primeiro porque o coração dela já é bem pequenininho. Depois vai morrer o papai e depois vai ser você, mamãe. O meu coração ainda é bem grandão porque eu sou nova, né? É assim que acontece. Você pode morrer junto com o papai porque vocês são mais ou menos do mesmo tamanho.

E por fim diz:

– E quando a gente morre, a caveira fica no cemitério e a pele vai para o céu.

A mãe fita a estrada à sua frente sem enxergar nada e lágrimas rolam silenciosamente. O pai olha de soslaio e um silêncio se instala por alguns minutos no carro…

Vida e morte… simples assim!

Compartilhe
TEMAS
Para poder deixar seu comentário, por favor, identifique-se abaixo.

Posts Relacionados

Outros posts que podem interessar